12 de dez de 2009

14 Bis é Rock Brasileiro dos 80

Ao longo do tempo inúmeros textos e artigos dizem que o rock brasileiro dos anos 80
começou com a Blitz, em 1982. Sem dúvida é inegável que toda agitação e articulação,
levada a efeito pelo pessoal e as bandas/artistas ligadas ao Circo Voador, no Rio de Janeiro, assumiu um caratér de um grande movimento que assaltou o cenário musical brasileiro, o qual merecem todo reconhecimento do mundo. Contudo, acho uma baita sacanagem o que fazem dizer que o rock nacional dos anos 80 começou somente aí.

O período de 80/81, no qual brilharam o 14 Bis, A Cor do Som, Roupa Nova, Rita Lee e Guilherme Arantes, entre outros, simplesmente foi deletado como capítulo do rock brasileiro. O máximo que fazem dizer é que nesse período surgiu um certo "pop "brasileiro" ou "música jovem"do início dos 80", sendo tais artistas seus representantes. Se aceita tais ponderações no sentido de que o A Cor do Som e o Roupa Nova não eram bandas de rock, embora tivessem uma identificação quanto á sonoridade e a estética roqueira. Mas dizer que o 14 Bis não era uma banda de rock, revela que o sujeito não se deu ao trabalho de escutar os discos desta maravilhosa banda.

Muitas pessoas ficaram injuriadas porque foram escaladas no Rock in' Rio, alguns artistas quer não tinham nada a ver com o rock, como Ivan Lins ( que inclusive perdeu a voz de tanto gritar para tentar abafar os ruídos dos metaleiros misturados ao público). enquanto o 14 Bis ficou de fora. O curioso que incluso no "senso comum" a cerca da amplitude do conceito de "rock nacional dos anos 80", são referidos vários músicos engressos de bandas dos 70 até 60 mas, mesmo assim, o 14 Bis fica de fora do "conceito". Sempre torcem o nariz pro 14 Bis quando se fala tratar-se de uma banda de rock. Já isso não acontece em relação a Ritchie, ao Lulu Santos e o Lobão, que foram do Vimana, nos anos 60 ao Renato Ladeira (Herva Doce) e ao Ronaldo Brandão (Hanoi Hanoi) , que foram da Bolha, ao Lee Marcucci(ex- Tutti Frutti) e Wander Taffo (ex-Joelho de Porco), que nos anos 80 formaram o Rádio Táxi, e por aí a fora.

Ninguém diz que essas bandas dos anos 80 não eram realmente rock. Na verdade, fenômeno semelhante ao que acontece a Jovem Guarda. Sempre aparece um carinha pra dizer que a Jovem Guarda não era rock brasileiro de verdade. Que bobagem. É claro que a Jovem Guarda era rock brasileiro, embora não fosse ela a única representante deste estilo.

Mais tais entendimentos, infelizmente estado de (in) cultura brasileira que vivemos, Paciência.

Por: Gleidson Magalhães. Um Abraço pra todos.